sábado, 20 de agosto de 2011

A DIFERENÇA ENTRE UM MEMBRO DE IGREJA E UM DISCÍPULO DE CRISTO

Quarenta e oito diferenças entre um simples membro de igreja e a pessoa que assume o compromisso de ser um fiel discípulo de Cristo:

1. O membro espera pães e peixes; o discípulo é um pescador. (Mateus 4:19)

2. O membro luta por crescer; o discípulo luta para reproduzir-se. (João 15:8)

3. O membro faz apenas o necessário para ser aceito como membro, o discípulo empenha todas as suas forças em cumprir a missão que recebeu do Senhor (Eclesiastes 9:10)

4. O membro depende dos afagos de seu pastor; e quer ser servido, o discípulo está determinado a servir a Deus e ao próximo. (Salmos 100:2).

5. O membro gosta de elogios; o discípulo do sacrifício vivo. (Filipenses 2:17)

6. O membro entrega parte de suas finanças; o discípulo entrega toda a sua vida. (2 Coríntios 8:3-5).

7. O membro cai facilmente na rotina; o discípulo é um revolucionário e é renovado por Deus. (2 Coríntios 8:5).

8. O membro precisa ser sempre estimulado; o discípulo procura também estimular os outros. (1 Tessalonicenses 5:11).

9. O membro espera que alguém lhe diga o que fazer; o discípulo é voluntário em assumir responsabilidades. (Isaías 6:8).

10. O membro reclama e murmura; o discípulo obedece e nega-se a si mesmo. (Hebreus 13:17).

11. O membro é condicionado pelas circunstâncias; o discípulo as aproveita para exercer a sua fé. (Salmos 125:1).

12. O membro exige que os outros o visitem; o discípulo visita. (Atos 20:35).

13. O membro busca na palavra promessas para a sua vida; o discípulo busca vida para receber as promessas da Palavra. (Josué 3:5).

14. O membro só pensa em si mesmo; o discípulo pensa nos outros. (Filipenses 2:4).

15. O membro se senta para adorar; o discípulo anda adorando. (Salmos 34:1).

16. O membro pertence a uma instituição; o discípulo é uma instituição em si mesmo. (1 Coríntios 3:16).

17. Para o membro, a habitação do Espírito Santo em si é sua meta; para o discípulo, é meio para alcançar a meta de ser testemunha viva de Cristo a toda criatura. (Atos 1:8).

18. O membro vale porque soma; o discípulo vale porque multiplica. (Gênesis 9:7).

19. Os membros aumentam a comunidade; os discípulos aumentam as comunidades. (1 Coríntios 16:19).

20. O membro espera milagres; os discípulos os fazem. (Atos 19:11).

21. O membro velho é problema para a igreja; o discípulo idoso é problema para o reino das trevas.(Lucas 2:52).

22. Os membros se destacam construindo templos; os discípulos se fazem para conquistar o mundo.(Marcos 16:15).

23. Os membros são fortes soldados defensores; os discípulos são invencíveis soldados invasores.(Josué 1:3).

24. O membro cuida das estacas de sua tenda; o discípulo desbrava e aumenta o seu território.(Isaías 54:2).

25. O membro se habitua; o discípulo rompe com os velhos moldes.(1 Coríntios 9:22).

26. O membro sonha com a igreja ideal; o discípulo se entrega para fazer uma igreja real.(Romanos 15.1,2).

27. A meta do membro é ir para o céu; a meta do discípulo é ganhar almas para povoar o céu.(1 Timóteo 2:4).

28. O membro maduro finalmente é um discípulo; o discípulo maduro assume os ministérios para o Corpo.(1 Tessalonicenses 4:10).

29. O membro necessita de festas e eventos para estar alegre; o discípulo vive em festa porque é alegre.(Salmos 45:7).

30. O membro espera um avivamento; o discípulo é parte dele.(Romanos 12:11).

31. O membro agoniza sem nunca morrer; o discípulo morre e ressuscita para dar vida a outros. (I João 3:16).

32. O membro longe de sua congregação lamenta por não estar em seu ambiente; o discípulo cria um ambiente para formar uma congregação.(2 Coríntios 2:14).

33. O membro carrega uma almofada; o discípulo uma cruz. (Lucas 14:27).

34. O membro se considera sócio da Igreja; o discípulo é servo;(Romanos 6:19).

35. O membro cai nas ciladas do diabo; o discípulo as supera e não se deixa confundir.(1 Pedro 5:8).

36. O membro é espiga murcha; o discípulo é grão que gera espigas saudáveis.(Marcos 4:8).

37. O membro responde talvez! O discípulo responde eis-me aqui.(1 Coríntios 15:58) .

38. O membro preocupa-se só em pregar o evangelho; o discípulo em pregar e fazer discípulos.(2 Timóteo 2:2).

39. O membro espera recompensa para dar; o discípulo é recompensado porque dá.(Gálatas 6:7).

40. O membro passa a vida toda sendo pastoreado como ovelha; o discípulo apascenta os cordeiros.(João 21:17).

41. O membro se retira quando incomodado; o discípulo expulsa quem realmente quer incomodá-lo: os demônios.(Hebreus 10:25).

42. O membro leva a vida a pedir que os outros orem por ele; o discípulo ora pelos outros.(Efésios 1:16).

43. Os membros se reúnem para buscar a presença do Senhor; o discípulo carrega a Sua presença através do Espírito Santo.(João 14:17) .

44. O membro segue tentando limpar-se para ser digno de Deus; o discípulo não se olha mais e faz a obra na fé de que Cristo já o limpou.(João 15:3).

45. O membro espera que alguém lhe interprete as escrituras; o discípulo conhece a voz de seu Senhor e testemunha dEle. (1 João 2:27).

46. Muitos membros não se relacionam com membros de outras denominações; o discípulo ama e respeita a todos, pois isto é uma ordem de Deus, e só assim o mundo o reconhecerá como discípulo de Jesus.(João 13:35).

47. O membro depende de conselhos e incentivo dos outros para tomar uma decisão; o discípulo ora a Deus, lê a Palavra e em fé toma a decisão.(Salmos 119:100).

48. O membro espera que o mundo melhore; o discípulo sabe que não é deste mundo e espera o encontro com seu Senhor.(João 17:14)

Observações:

Jesus nos mandou fazer membros ou discípulos?

Todo discípulo é um crente, mas nem todo membro de igreja é um discípulo.

No mundo existem muitos membros de igreja, mas os discípulos de Jesus são os que realmente fazem a diferença.

Nosso alvo é que todo membro seja um discípulo e que cada discípulo se torne um discipulador, é discípulo fazendo discípulo, só assim o evangelho será pregado em todo o mundo.

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

MAR VIVO OU MAR MORTO (GN12.2)

Existem dois mares na Palestina.

Um é saudável e fecundo -- o Mar da Galiléia.

O outro, amargo e estéril -- o Mar Morto.

Qual a diferença entre os dois?

O Mar da Galiléia recebe e dá.

O Mar Morto só recebe -- Não tem nenhuma saída.

A qual dos dois mares se assemelha a nossa vida espiritual?

Qual dos dois caracteriza o nosso relacionamento com o Senhor Jesus?

Temos sido um canal de bênçãos, compartilhando tudo o que recebemos de Deus com aqueles que estão à nossa volta ou temos o costume de guardar para nós aquilo que recebemos do Senhor?

O Mar da Galiléia foi palco de grandes acontecimentos.

Ali Jesus falava aos discípulos; ali vidas foram transformadas; ali os corações se encheram de júbilo; ali muitos foram chamados a um ministério glorioso; ali os milagres aconteceram.

O Mar Morto nada apresentou.

Ali não havia gozo, não havia refrigério, não havia motivação, não havia felicidade.

Temos nos apresentado diante de Deus como o Mar da Galiléia?

Temos procurado iluminar o caminho por onde andamos?

Temos testificado, com alegria, de tudo o que temos experimentado na presença do Senhor?

Temos repartido todas as maravilhas que o Senhor tem derramado em nossas vidas e em nossa casa?

As águas que têm banhado nossos terrenos, agora férteis, têm sido conduzidas aos terrenos áridos daqueles que não tiveram ainda as mesmas experiências e que anseiam por dias melhores e mais felizes?

Quando somos abençoados e não abençoamos, perdemos a paz, o prazer, o estímulo e a felicidade.

Somos águas paradas, como charcos e pântanos.

A bênção é perdida e os milagres são anulados.


Sua vida tem sido um mar de bênçãos? Ou um mar amargo e sem nenhuma vida?

UM MANÁ DIÁRIO (Nm 11.9)

Ben Jochai estava ensinando a um grupo de alunos sobre o milagre do maná quando Israel estava caminhando do Egito até a terra prometida.

Um dos alunos perguntou: "Por que o Senhor Deus não fornecia a Israel uma quantidade de maná suficiente para durar o ano inteiro?"

O professor disse: "Eu lhe responderei com uma parábola.

Certa vez um homem rico prometeu a seu filho uma mesada anual.

Todo ano, no mesmo dia, ele daria ao filho todo o valor.

Depois de certo tempo, o pai só via o filho no dia em que este vinha pegar
sua mesada.

Então o pai mudou seu plano e só dava ao filho o suficiente para um dia.

Este retornaria no dia seguinte para buscar novamente sua mesada.

“Daquele dia em diante o pai via seu filho todos os dias”.

Esta é a maneira como Deus lidava com Israel.

Esta é a maneira como Ele lida conosco.

Com que freqüência temos buscado o nosso Pai celestial?

Quantas vezes temos ido à Sua presença?

Apenas lembramos do Senhor quando estamos necessitando de algo ou, como filhos
que amam ao Pai, temos estado com Ele em todos os momentos.

Deus tem bênçãos para nós todos os dias, todas as horas, todos os minutos.

Ele está sempre pronto a nos dar a verdadeira alegria e o Seu amor é inigualável.

Nele nos sentimos protegidos, temos a confiança na realização de cada sonho e, em todas as batalhas, somos mais do que vencedores.

Se nos sentimos fracos, ele tem o maná da Sua força.

Se nos sentimos fracassados, Ele tem o maná do sucesso.

Se parece que estamos em um deserto, Ele manda o maná do Céu para nosso refrigério.

Cada dia o Senhor tem preparado um maná especial para a nossa felicidade.

domingo, 14 de agosto de 2011

FRASES NOTÁVEIS A RESPEITO DA BÍBLIA

ABRÃAO LINCON: O 16º Presidente dos Estados Unidos em 1860. "Creio que a Bíblia é o melhor presente que Deus já deu ao homem. Todo o bem, da parte do Salvador do mundo, nos é transmitido mediante este livro".

W.E. GLADSTONE: foi um grande homem do século 19 da política britânica. Foi o líder do partido liberal e Primeiro-Ministro em quatro governos, de 1868 até 1894.

" Eu conheci 95 grandes homens de minha geração, e destes 87 eram seguidores da Bíblia. A Bíblia foi impressa com uma originalidade tão especial e uma incontável distância a separa de todos ou outros livros que competem com ela."

GEORGE WASHINGTON: um dos fundadores e primeiro presidente na história dos Estados Unidos da América.

"É impossível governar direito o mundo sem Deus e a Bíblia"

NAPOLEÃO: Militar, estadista imperador dos Franceses Trata-se de um verdadeiro mito formado pela História que, mesmo após mais de 200 anos de existência, continua sendo reverenciado pelo mundo inteiro. Napoleão foi capaz de ganhar inúmeras batalhas com soldados menos preparados do que os de seu adversário graças à motivação e à iniciativa desenvolvidas por ele.

"A Bíblia não é um mero livro, mas uma criatura viva, com um poder que conquista aqueles que se opõem a ela"

DANIEL WEBSTER: Dotado de prodigiosa memória, desde jovem dedicou-se ao estudo das letras clássicas, com especial atenção aos oradores da antiguidade. Lia e decorava Cícero, completamente embevecido, para depois declamá-lo. Ainda moço, começou a revelar-se um prodigioso orador. Formou-se em Direito, iniciando uma triunfal carreira nos Tribunais norte-americanos. Rapidamente obteve a celebridade e passou a ser citado como exemplo de eloqüência judiciária. Logo o povo norte-americano levou-o para o Congresso, e daí como secretário de Estado dos presidentes Harrison e Tyler. A sua atividade política, de 1813 a 1852, foi febricitante, agitada o tormentosa. Era, portanto, um orador com possibilidades extraordinárias.A sua glória permanece intocável, sendo um dos nomes veneráveis nos EUA. Um grande advogado da unidade política norte - americana!

"Se há qualquer coisa em pensamentos ou estilo para recomendar, o crédito é devido aos meus pais por inculcar em mim, desde cedo, amor pelas Escrituras Sagradas [A Bíblia]." "Se nós nos firmarmos nos princípios ensinados na Bíblia, nosso país irá continuamente prosperando, mas se nós e a nossa posteridade negligenciarmos a instrução e a autoridade da Bíblia, nenhum homem poderá prever a catástrofe repentina que irá nos oprimir e sepultar nossa glória na mais profunda obscuridade".

THOMAS CARLYLE: historiador escocês, crítico e escritor especializado em sociologia.

"A Bíblia é o mais verdadeiro modo de falar que já veio por letras alfabéticas para alma do homem, a qual, como através de uma janela divinamente aberta, todo homem poder olhar para dentro da paz da eternidade, e discernir em vislumbres sua distante e longamente esquecida casa [celestial]."

THOMAS HUXLEY: Conhecido como "Buldogue de Darwin" foi um dos primeiros e mais ardorosos defensores e críticos da Teoria da Evolução por seleção natural proposto por C. Darwin.

"A Bíblia tem sido a Carta Magna dos pobres e oprimidos. A raça humana não está em uma posição que pode dispensá-la".

W. H. SEWARD: Senador americano pelo Estado de nova York, conhecido pela sua posição anti-escravagista. Foi um lider do novo partido republicano, desde o início do mesmo. Concorreu para ser presidente dos EEUU, mas a sua nomeação foi preterida em favor da de Abraão Lincoln. Mesmo assim, foi Scretário de Estado de Lincoln por oito anos.

"A inteira esperança do progresso humano está em depender do cultivo continua da influência da Bíblia."

PATRICK HENRY: Símbolo da luta Americana pela liberdade, foi congressista e por três vezes governador do Estado da Virgínia, autor da famosa frase: 'Dê-me a liberdade ou a morte'"

"A Bíblia é o mais valoroso entre todos os livros que já foram impressos".

ANDREW JACKSON: Em 1828, foi eleito para a presidência dos Estados Unidos, um rude fronteiriço, um plantador e general de milícia que fizera sua fama lutando contra índios e contra ingleses, com ele começava uma nova história na vida da democracia americana - a democracia jacksoniana.

"Aquele livro senhor, é a rocha sobre a qual repousa a nossa República"

ROBERT E. LEE: General - Chefe das forças do Sul na Guerra de Secessão , também chamada de Guerra Civil Americana.

"Em todas as minha perplexidades e angustias a Bíblia nunca tem falhado em me dar luz e força"

LORD TENNYSON: poeta inglês.

"A leitura da Bíblia é uma educação em si mesma"


HORACE GREELEY: célebre jornalista de Nova Iorque, posteriormente candidato à presidência dos EUA.

"É impossível escravizar mental ou socialmente um povo que ler a Bíblia. Os princípios da Bíblia são a base da liberdade humana"

JOHN QUINCY ADAMS: 6º.Presidente dos Estados Unidos (1825-1829) nascido em Braintree, hoje Quincy, Massachusetts, ficou na história da nação como diplomata de atuação decisiva na segunda guerra da Independência e na elaboração da Doutrina Monroe, além de um dos maiores inimigos da escravidão em seu país. Filho de John Adams, segundo presidente dos Estados Unidos, estudou na França e nos Países Baixos, depois em Harvard, onde se formou em direito (1787).

"Tão grande é minha veneração que o mais cedo que meus filhos comecem a lê-la, maior é a minha confiança na esperança de que eles serão cidadãos úteis e respeitáveis".

IMMANUEL KANT: foi um dos mais importantes e influentes filósofos da modernidade. Seus estudos e ensinamentos nos campos da Metafísica, Epistemologia, Ética e Estética tiveram grande impacto sobre a maioria dos movimentos filosóficos posteriores.

"A existência da Bíblia, como um livro para o povo é o grande benefício que a raça humana já tem experimentado. Toda tentativa para menosprezar a Bíblia é um crime contra a humanidade".


CHARLES DICKENS: escritor inglês.

" Novo Testamento é o melhor livro que já foi ou será escrito no mundo".

SIR WILLIAM HERSCHEL: astrônomo inglês que descobriu Urano e catalogou mais de 1800 estrelas duplas e 2.500 nebulosas.

"Toda descoberta humana parece ser feita somente para o propósito de conformar-se mais e mais poderosamente com as verdades contidas nas Sagradas Escrituras".

SIR ISAAC NEWTON: físico, matemático e astrônomo inglês.

"Existem mais marcas seguras de autencidade na Bíblia do que em qualquer história profana."

terça-feira, 9 de agosto de 2011

O VASO DO OLEIRO

Jeremias 18:4-6 - Como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer. Então veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: 6 Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o SENHOR. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel."

O oleiro que é um artista, pois com suas mãos vai dando forma ao barro.

É lindo, pois de um pouco de barro ele faz um objeto preciso e belo.

Muitas vezes, o vaso que o oleiro está moldando não dá certo, então ele pára, retoma tudo e recomeça o seu trabalho, tirando do barro todas as impurezas.

Assim é Deus conosco, é como o oleiro que 'molda o nosso barro', tirando todas as 'areias e pedrinhas', que são nossas imperfeições.

O Senhor faz isso no concreto, no prático da nossa vida.

Muitas vezes, não entendemos o que Deus faz na nossa vida, usando, muitas vezes, de situações de dor e sofrimento para nos 'moldar', mas isso é necessário para nos purificar.

Em tudo o que vivemos, Deus está purificando o nosso 'barro', mas é preciso que sejamos firmes e enfrentemos todas as situações com amor, perseverança e oração.

Isso vai durar a nossa vida inteira, só no fim é que poderemos dizer: 'Está pronto o vaso'.

Deixe Deus purificar a sua vida.

O vaso não pode ir para o forno com impurezas, porque senão ele não agüenta a alta temperatura e racha.

Permita que o Senhor amasse o seu 'barro' e tire as impurezas, deixe-o usar nas situações difíceis, dos problemas e das doenças para purificar você, para que, no último dia, quando chegar a hora de tirar o "vaso do forno', ou seja, a hora de se apresentar ao Senhor, você não esteja 'rachado', como acontece com os objetos de barro com impurezas.

Há, porém, um detalhe final enquanto estamos vivendo aqui neste tabernáculo de barro; Na olaria de Deus não existe lixo porque sua misericórdia é infinita.

Os vasos rachados, quebrados e reprovados Ele junta os cacos e faz um vaso novo!

LOUVOR E ADORAÇÃO, SUA DEFINIÇÃO!

Temos muitas vezes o hábito de chamar o ministério de música como " Ministério de Louvor e Adoração". Na verdade, colocamos juntos essas duas palavras como que sendo um nome e um sobrenome. Mas raramente paramos para pensar nas diferenças entre essas duas expressões. Precisamos entender na visão bíblica o verdadeiro significado de LOUVOR e ADORAÇÃO, para que possamos exercer de forma aceitável ao Senhor. Louvar: No sentido literal da palavra significa "barulho",elogiar, exaltar, enaltecer, glorificar, aprovar aplaudir, bendizer. No Hebraico " halal", pode ser encontrado 160 vezes no Antigo Testamento, é a origem da palavra "hallellujah"(ALELUIA), que pode ser traduzido por " Louvado seja Yah" (Yah como abreviação de Yaweh- "aquele que faz as coisas serem")

Louvor está relacionado à sua demonstração de gratidão a Deus, por tudo ao que ele tem feito . Através de "barulhos", sons, música, danças, com todo nosso corpo exaltando aquele que é Digno de Louvor. Na palavra de Deus em Esdras 3:10-11 encontramos um exemplo claro sobre como devemos louvar ao Senhor, diz assim: "Quando os construtores lançaram os alicerces do templo do SENHOR, os sacerdotes, com suas vestes e suas trombetas, e os levitas, filhos de Asafe, com címbalos, tomaram seus lugares para louvar o SENHOR"

Adorar: No sentido literal da palavra significa "prostrar-se", reverenciar, venerar, amar extremosamente, idolatrar, cultuar, curva-se, cair o rosto em terra, render-se. No grego a palavra é "proskuneo" - pros( na direção de) + kuneo (beijar), ou seja , a adoração é a forma comum de se chegar perto de Deus.

A adoração é a forma de demonstrarmos"quem Deus é" na nossa vida, qual a posição que ele ocupa no seu coração, na sua mente. Prostar-se diante do Senhor de tudo que existe, no céu, na terra, ou debaixo da terra.

Em Genêsis 22:5 vemos Abraão indo adorar a Deus, ele realmente sabia o real significado da palavra adoração.

Agora vamos comparar e descobrir, diferenças entre as duas expressões:

LOUVOR: É Motivado na alma por um impulso de receber do Senhor

ADORAÇÃO: É Motivado no espírito por um impulso de dar ao Senhor.

LOUVOR: Pode ser comunitário (envolver mais pessoas)

ADORAÇÃO: É individual ( Tem haver com intimidade entre você e Deus)

LOUVOR: Brota das emoções

ADORAÇÃO: Brota da devoção

LOUVOR: Pelos feitos de Deus ( Gratidão, ações de graça)

ADORAÇÃO: Pelo que Deus é ( Qual é a importância que ele têm na sua vida)

LOUVOR: Pelos presentes de Deus

ADORAÇÃO: Pela presença de Deus

LOUVOR: É uma expressão de vida

ADORAÇÃO: É um estilo de vida

LOUVOR: É circunstancial

ADORAÇÃO: É incondicional

LOUVOR: Aprecia os feitos de Deus

ADORAÇÃO: Vive para Deus

LOUVOR: Pode ser distante

ADORAÇÃO: Só ocorre na presença

LOUVOR: É mais exuberante, enérgico, movimentado, barulhento, com mais palavras

ADORAÇÃO: É mais sóbrio, com menos movimentos, menos palavras, inclinando-se a cânticos espirituais e silêncio.

Não devemos nos equivocar, dizendo que é mais espiritual adorar, pois o que aprendemos é que ambos se complementam. Assim, devemos ter a liberdade de louvar com expressões espontâneas, enérgicas ao mesmo tempo de adorar com cânticos mais contemplativos.

Na verdade, a Bíblia nos indica que existem várias expressões de louvor e de adoração, tais como através da oração, cânticos, confissão, ofertório, artes em geral, pregação, ceia, batismo e do próprio exercício do ministério.

Não importa o exterior, sejam palmas, mãos levantadas, prostrando-se ou com danças. Deus olha o coração, pois diz que um coração contrito não desprezará.

Que possamos pensar e refletir como tem sido o nosso LOUVOR diante de Deus, e a sua ADORAÇÃO!